Tendo completado três meses de Botafogo na última semana, Alberto Valentim já se faz presente em todos os setores do clube. Sendo peça importante na tão valorizada interação entre base e profissionais alvinegro, o comandante assiste jogos do Sub-20 e, na última semana, teve uma reunião com a comissão técnica comandada por Eduardo Barroca, que foi eliminada na semifinal da Copa do Brasil da categoria, mesmo após a vitória por 1 a 0, no Nilton Santos.

– Estive aqui (Nilton Santos) para assistir ao jogo, infelizmente não fomos para a final. Pressionamos, jogou bem e foi organizado. Procuro estar muito próximo ao Barroca e também trazer jogadores da base para qualificarmos o elenco, fazer a integração. Hoje estive com o pessoal em Niterói, um bate-papo muito legal com todo a comissão da base. Temos que estar mais próximos sempre – valorizou o comandante alvinegro na entrevista coletiva da última sexta-feira.

Gerente geral da base do Botafogo – tendo assumido no começo do mês – Tiano Gomes lembrou da experiência de Valentim, tanto jogador quanto técnico, para enaltecer a importância do comandante alvinegro na integração com os jovens.

– Temos o projeto de formação continuada, que sempre trazemos pessoas para trocar experiência com nossos funcionários. Nesta semana, o Lazaroni (auxiliar técnico) falou com o Alberto Valentim, que se dispôs a vir aqui. Ele falou do desenvolvimento dos jogadores, da sua experiência na Europa… é a ligação que precisamos e sempre buscamos entre o profissional e base. Isto tem crescido cada vez mais dentro do Botafogo – enalteceu o gerente geral da base.

TRÊS DA BASE COMO DESTAQUE NO TIME TITULAR
Dentre os destaques alvinegros na equipe principal, três titulares de Valentim saíram da base alvinegra: Marcinho, Igor Rabello e Matheus Fernandes.

Enquanto o lateral-direito ganhou a posição com a chegada do técnico – e a saída de Arnaldo – o zagueiro e o volante já vinham como titular desde o ano passado. Marcinho é o líder de assistências do Botafogo em 2018 – seis passes para gol – enquanto Igor Rabello e Matheus Fernandes são os mais valorizados, vistos com potencial mercado para uma venda em uma negociação futura.

Fonte: Terra