Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Série B

17/06/21 às 19:00 - Do Café

Escudo Londrina
LON

X

Escudo Botafogo
BOT

Série B

13/06/21 às 16:00 - Raulino de Oliveira

Escudo Botafogo
BOT

3

X

0

Escudo Remo
REM
Ler a crônica

Série B

05/06/21 às 21:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

2

X

0

Escudo Coritiba
CTB

Internamente, elenco considerava que faltava purso mais firme a Eduardo Hungaro

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Querido por todo o elenco até as declarações fortes dadas após a eliminação na Copa Libertadores – que gerou a insatisfação de alguns jogadores –, o técnico Eduardo Hungaro era visto internamente como alguém que não tinha pulso para tomar algumas decisões importantes.

Nos vestiários era comum vê-lo dar instruções para jogadores mais experientes e, após alguma sugestão ou um bate-papo, acatar o pedido, sem impor sua vontade.

Por ter boa relação com os jogadores desde a chegada ao cargo de auxiliar de Oswaldo de Oliveira, Hungaro temia perder o vestiário ao tomar alguma decisão mais impactante e que pudesse deixar algum integrante do elenco insatisfeito.

Notícias relacionadas
Comentários