Uma substitução feita pelo técnico Jair Ventura no intervalo surpreendeu a todos os botafoguenses: ele tirou o jovem volante Matheus Fernandes para colocar o lateral-esquerdo Gilson, que jogou mais à frente. Ele explicou:

– O Matheus fez um grande jogo, vem conquistando seu espaço. Nossa estratégia era marcar em bloco baixo e sair em velocidade, então precisei mudar isso no intervalo. Coloquei o Gilson, que tem essa saída pelo lado esquerdo, um jogador leve, com poder decisivo no terço final do jogo – afirmou Jair, completando a análise:

– Sofremos um gol pelo lado direito, colocamos o Marcelo na lateral. Mesmo assim sofremos bastante nas bolas aéreas. O jogo é um xadrez, perde aqui, ganha ali, mas graças a Deus deu tudo certo.

Fonte: Redação FogãoNET