Seis jogadores chegaram ao Botafogo nas últimas semanas para reforçar o time visando a temporada 2017. Mas apesar das contratações, a perda de jogadores importantes no último ano, como Neílton e Sidão, ainda pode trazer uma certa desconfiança do torcedor com o plantel que se apresentará na próxima semana.

O técnico Jair Ventura acredita que o Fogão terá um elenco tão qualificado como em 2016, mesmo com as saídas, e vê com bons olhos o processo de conhecer o novo elenco e formar uma equipe durante os treinos de pré-temporada.

“(Elenco) enfraquecido, não. Cada ano é uma história, Vamos ter que montá-lo, ainda não se sabe quais peças vão corresponder. Claro que fica difícil quando se mexe, porque tem que se começar do zero. Mas essa parte é gostosa, me seduz trabalhar com novos jogadores e passar nossa filosofia. Tenho certeza que o Botafogo virá mais forte em 2017, porque vamos pegar um trabalho desde o início, apesar das mudanças. As contratações que aconteceram estão sendo boas, são jogadores que chegam para reforçar o time”, declarou Jair segundo o Globoesporte.com

“A manutenção do elenco é o mais importante, porque o grupo já conhece nossa metodologia, filosofia e o modelo de jogo. Mas as contratações pontuais estão sendo importantes. O Montillo chega para ajudar, junto com os demais jogadores que estão chegando. Pegamos jogadores da China, Minas, Recife, São Paulo e mais uma vez vamos ter que deixar esse grupo homogêneo”, completou.

A pré-temporada botafoguense começa no dia 11, mas o time terá sua primeira partida de competição no dia 25, pelo Campeonato Carioca e no dia 1/2, pela Libertadores. Jair Ventura vê o pouco tempo para tentar entrosar os reforços como um grande desafio.

“O ruim é que o período é curto e isso dificulta o entrosamento. Mas temos que nos adequar ao que temos e não adianta eu ficar aqui reclamando disso. Tem que dar um jeito, botar a equipe mais competitiva e o quanto antes possível”, disse.

Fonte: Torcedores.com