O momento foi de muita comemoração, mas também de desabafo. O mesmo tom adotado pelos jogadores na saída de campo foi usado pelo técnico Jair Ventura, após a classificação em Santiago, no Chile. Sobrou até para Pedro Guede, técnico do Colo-Colo, que criticou o time alvinegro após a primeira partida no Rio de Janeiro.

– É triste, estive num curso com 56 treinadores, com Zé Ricardo e Eduardo Batista ao meu lado… A gente se fala, cumprimentei todos treinadores que jogamos contra. Respeito a conduta dele (Pablo Guede), mas não faria. Ele falou bastante da nossa equipe e esqueceu de se preocupar com a dele – afirmou Jair Ventura na entrevista coletiva.

Fonte: Globoesporte.com