Tudo pronto para o jogão. O Botafogo fez nesta terça-feira seu último treino antes da partida contra o Olimpia (PAR), que vale vaga na fase de grupos da Conmebol Libertadores Bridgestone. A atividade foi realizada no Estádio Feliciano Cáceres, em Assunção.

Após treinar a equipe, inclusive com cobranças de pênaltis, o técnico Jair Ventura concedeu entrevista. Confira os principais trechos da coletiva:

ESCALAÇÃO  

– É uma surpresa. Também não vou falar sobre o gol. Assim como todas posições, já definimos. A gente quer de alguma maneira tentar não dar armas ao adversário. Só por isso não revelamos a equipe. Peço a compreensão de todos.

O JOGO

– É um jogo muito importante, até por ser o ultimo, para coroar a entrega desse grupo. Uma equipe que teve pouco tempo de preparação e passou pelo Colo-Colo uma equipe muito qualificada, que nos deu muito trabalho. Agora temos mais um gigante da América pela frente. Um clássico, tudo pode acontecer, vamos fazer de tudo para passa. É uma final.

CLIMA NO ESTÁDIO

– Temos a essa preocupação. Sabemos que esse é um dos grandes dificultadores da Libertadores. Mas faz parte. Estamos preparados, com a cabeça boa. Foi assim fora contra o Colo-Colo. Mesmo sofrendo o gol no inicio, a equipe não se desorganizou. A palavra chave é o equilíbrio. Temos que ter atenção redobrada do inicio ao fim.

ESTRATÉGIA

– Se você olhar nossa equipe, temos algumas maneiras de jogar. Dentro da partida mudamos de acordo com o que se desenha. Em alguns momentos somos um pouco mais ofensivo, em outros defensivos. A gente passa isso para os atletas.

POSSÍVEL DECISÃO POR PÊNALTIS

– Pensamos em tudo. Estamos super otimistas, mas temos que estar preparados para todas situações. Treinamos hoje, mas também em outros vários dias. Estamos preparados para tudo o que pode acontecer durante a partida.

RECUPERAÇÃO

– Trabalhamos muito na situação de recuperação, mesclamos na partida contra o Boavista. Quero ressaltar a força do elenco. Não é todo dia que a gente via uma partida perdendo de dois a zero. Sempre dando oportunidade. Por essa a questão o Leandrinho viajou conosco. Fica clara a questão de meritocracia.

OLIMPIA

– É uma equipe muito competitiva, sabe jogar a competição, tricampeã da Libertadores. Me preocupa bastante. Mas estudamos bastante,  a gente conhece.

VOLTA DE SASSÁ

– Mais um jogador, mais uma força, apesar de não estar inscrito, um cara muito querido no grupo, cara alegre, que todos gostam bastante. Passa um pouco de alegria e motivação.

Fonte: Site oficial do Botafogo