No futebol alguns reencontros acontecem e no Botafogo será a vez do volante Jean voltar a trabalhar com o treinador Zé Ricardo, com quem esteve na temporada passada no Vasco da Gama. O jogador de 23 anos destacou a filosifia de trabalho do comandante alvinegro e acredita na evolução da equipe baseado no perfil competitivo de Zé Ricardo, que terá como primeiro desafio a partida contra o Paraná, domingo, em Curitiba.

– Se não me engano ele foi o terceiro treinador no Vasco ano passado, com um cube numa situação parecida com a nossa, mas o principal aspecto do Zé é como ele gere o grupo e faz com que todos fiquem à vontade. Não só ele como o Cléber, seu auxiliar. Tem tudo para dar certo, assim como foi feito no ano passado. Ele chegou e me perguntou se estava pronto para dar uma nova arrancada. Disse que se nos colocasse na Libertadores já estava bom(risos) – disse Jean.

O volante também falou sobre um dos principais pedidos de Zé Ricardo em sua chegada, para que a equipe não mais oscile no Brasileirão. Hora de recuperar o perfil e buscar os resultados para subir na tabela.

– É uma coisa que o Zé em sua primeira conversa bateu de frente. O principal é não oscilar mais, criar uma identidade e firmar nela. O nosso jogo contra o Santos, por detalhes, teve o nosso perfil, com concentração. Esse é o nosso perfil. Dentro ou fora de casa nós temos que incomodar. O adversário tem que saber disso quando enfrentar o Botafogo – contou.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Jean no Estádio Nilton Santos:

TALENTO PARA GERIR GRUPOS

– O Zé é um cara que tem determinada experiência, passou grande parte trabalhando em grandes clubes. Por mais que seja novo ele tem essa experiência em gerir grupos. Tem o perfil do Jair, do Valentim… Caras que começaram faz pouco tempo, mas que tem as coisas frescas na cabeça. Chega aqui com um respeito a mais no nome dele e sabemos que ele pode nos ajudar a fazer dar certo. Confiamos ainda mais no Zé Ricardo.

RESPEITO COMO VIRTUDE

– O Zé é um cara respeitoso. Sabe o momento certo de cobrar e com respaldo no que está falando. Vai pouco a pouco aconselhando cada um, é um perfil intenso apesar do jeito tranquilo dele. O perfil dele é mais esse, que sabe cobrar com respeito.

TRANSPARÊNCIA E RADAR LIGADO PARA TODOS

– Ele é um cara muito transparente com todo mundo e constuma dar oportunidade para todos. O Zé mantém a base que tem visto, mas dá oportunidades. Ele me conhece, sabe que posso agregar. Fico tranquilo quanto a isso. Se ele te chama pelo nome é por saber quem você é e o que pode render. Para nós jogadores é super importante. São pequenos detalhes, mas conta para motivar o nosso dia a dia.

UM DIA ESPECIAL

– Quero parabenizar o torcedor botafoguense pelo seu dia e também o Zagallo, que é um grande ídolo do clube.

REENCONTRO COM O PARANÁ

– Quando vou falar do Paraná eu tenho um carinho enorme. Fiquei três anos lá e pude ver o clube dar a volta por cima. Fico feliz em poder jogar lá e ver que o Paraná está de volta para Série A. Lá eles são chatos de vencer e sabendo disso o Zé Ricardo já nos passou vídeos e temos estudado o adversário nesse sentido.

Fonte: Site oficial do Botafogo