Jefferson atende torcedores em Brasília e recebe homenagem: torcedor se tatua

Compartilhe:


Ídolo do Botafogo e goleiro da Seleção Brasileira, Jefferson é sempre muito assediado quando o time alvinegro joga pelo país. Em Brasília não é diferente. Na recepção da delegação na noite de quinta-feira, cerca de 300 torcedores estiveram presentes. Durante o treino desta sexta, no Centro de Treinamento do Brasiliense, cerca de 50 torcedores acompanharam. Um deles homenageou o goleiro com uma tatuagem. Roberto de Oliveira, de 44 anos, fala da emoção de ver o ídolo e da forma com que Jefferson trata os torcedores.

“A gente respeita muito a história dele e ele respeita muito o Botafogo. Eu tinha que fazer uma homenagem para ele. Eu já tenho uma tatuagem do Garrincha e do Nilton Santos nas costas e falei: ‘Tenho que colocar o Jefferson aqui no meio dos dois’. Graças a Deus eu realizei. Peguei um autógrafo dele aqui, vou tatuar o autógrafo para eternizar. Ele já está eternizado na história do Botafogo porque um ídolo não se faz com títulos, e sim com atitudes. A gente acompanhou ele aqui agora, uma fila sendo formada e ele atendendo um por um com calma, com carinho, com atenção. Isso é um ídolo de verdade. Não são títulos, nem ‘pompa’. Nada disso. É atitude e humildade, e isso esse cara tem e muito”, enaltece o torcedor.

O capitão alvinegro considera importante para o time o carinho recebido da torcida local. A expectativa é de um público de 20 mil pessoas no Mané Garrincha, a segunda casa do Botafogo.

Após o treinamento tático, o técnico René Simões confirmou o time com quatro alterações. Assim, o Botafogo entra em campo contra o Atlético – GO com Jefferson; Gilberto, Renan Fonseca, Giaretta e Pedro Rosa; Camacho, Willian Arão, Elvis e Daniel Carvalho; e o ataque com Lulinha e Bill.



Fonte: Site da Rádio Globo
Comentários