Com reforços desconhecidos e um grupo que gerou desconfiança da torcida, o Botafogo vem fazendo um bom trabalho neste início de ano e não é à toa que está na semifinal do Campeonato Carioca. No próximo domingo, às 19h, o Glorioso enfrenta o Fluminense, em partida única, com o adversário tendo a vantagem do empate. O capitão Jefferson afirma que a equipe irá brigar de igual para igual com o Tricolor e acredita que o clássico será um jogo de estratégia.
“É um jogo para jogarmos no coletivo. Todos atacam e todos defendem. É um jogo de estratégia, precisamos ser eficientes. Se levarmos um gol, será complicado virar a partida. Também precisamos ter cautela. Mas chegamos confiantes no clássico, mais fortes por tudo que passamos. Creio que muitas pessoas achavam que o Botafogo nem se classificaria. Mostramos que estamos no caminho certo. Vamos brigar com o Fluminense de igual para igual”.
Botafogo e Fluminense já se enfrentaram duas vezes na atual temporada, ambas válidas pelo Estadual. Na primeira, o Glorioso venceu por 2 a 0, em Cariacica, partida que culminou na demissão do então técnico tricolor, Eduardo Baptista; na segunda, empate em 1 a 1, em Volta Redonda. Jefferson analisou as mudanças do adversário de lá para cá.
“O diferencial do Fluminense hoje é o Levir Culpi. Sabemos que ele está dando uma nova cara e a tendência é um time mais forte do que no início da competição. Claro que vão comemorar esse título, mas não influencia tanto. O que importa é o que fizeram na competição”.
Visando o Campeonato Brasileiro, a diretoria alvinegra está no mercado em busca de reforços. Os últimos nomes especulados são de Kléber Gladiador, William Pottker e Alex. O camisa 1 abriu as portas para possíveis novos jogadores e afirmou que não existe vaidade no elenco.
“Por vezes sou um pouco repetitivo. No começo do ano, o Botafogo entrou um pouco desacreditado. O presidente conseguiu montar uma equipe competitiva para o Carioca. Tanto que estamos na semifinal. Mas todos sabem que o Brasileiro é mais difícil, e o presidente está atrás de reforços. E nítido que precisamos de mais algumas peças. Somariam muito. São jogadores que todos os clubes gostariam de ter. O Gladiador e o Alex são jogadores muito qualificados. Até aqui dentro, entre os jogadores, quando surge a noticia, todos ficam animados. Aqui não tem vaidade. Quem chegar vai ajudar o Botafogo. Todos estão no mesmo barco. Resultado negativo vai estourar para todo mundo”.
Botafogo e Fluminense se enfrentam no domingo, às 19h, em Volta Redonda. A partida é válida pela semifinal do Campeonato Carioca, com o Tricolor tendo a vantagem do empate.
Fonte: Super Rádio Tupi