Após um longo período fora dos gramados, o goleiro Jefferson vive uma fase de recomeço no Botafogo e aposta na retomada no clube como parte fundamental para outro processo que sempre serviu de motivação: a volta à seleção brasileira. Após a vitória por 2 a 1 sobre o Sport, nesta segunda-feira, o ídolo alvinegro comemorou a presença no gol e o resultado não apenas pela presença de Tite, que estava no Estádio Nilton Santos, mas pela importância de mostrar que está bem para retomar o lugar dentro do time.

– Fiquei sabendo antes do jogo que o professor Tite estava aqui para ver essa partida, ficou feliz, depois de uma grande vitória também. Sempre falei que o meu objetivo, meu sonho, e o que me deu força nesses 14 meses para voltar era voltar à seleção brasileira. Claro que tudo tem seu tempo certo, a hora certa. Estou feliz em estar voltando, o professor Tite me conhece, sabe o que posso render, mas o primeiro objetivo que quero é retomar meu espaço no Botafogo. O Gatito está machucado, mas vem em excelente fase no Botafogo, o que quero é poder reconquistar meu espaço e depois consequentemente pensar na seleção brasileira – disse o goleiro, que ficou afastado por 14 meses, em entrevista ao “Bem, Amigos!”.

O duelo contra o Sport foi a terceira partida de Jefferson desde o retorno e, desde então, o Botafogo não perdeu. Após brilhar no empate em 1 a 1 com o Atlético-MG, ele seguiu no gol e vieram as vitórias sobre Fluminense e agora diante do Sport. O desempenho surpreendeu positivamente, mas ele acredita que ainda tem muito a evoluir.

– Graças a Deus voltei bem. Claro que tem muita coisa a melhorar, ritmo de jogo, mas voltei melhor do que esperava. Vinha treinando com nossos treinadores de goleiros, então, sempre me preparei para fazer o que faço no jogo nos treinamentos, sempre peço para aumentar o ritmo e fazer praticamente todos os movimentos que faço durante o jogo, automaticamente a gente volta com um pouco mais de ritmo – afirmou.

A vitória sobre o Sport colocou o Botafogo na sexta colocação do Campeonato Brasileiro, com 22 pontos. Lindoso abriu o placar logo no primeiro minuto e o Sport empatou com Rithely, aos sete, mas o Glorioso retomou a vantagem com Guilherme, aos 24 da etapa final. A equipe volta a jogar quinta-feira, às 21h, quando encara o Atlético-PR na Arena da Baixada, em Curitiba.

Fonte: SporTV.com