Jefferson condena botafoguense ‘vira-casaca’ após eliminação para Flamengo

Compartilhe:

Após o quarto gol, marcado por Léo Moura, na goleada por 4 a 0 pela Copa do Brasil, um torcedor do Botafogo aparece em um vídeo tirando a camisa do seu time e colocando a do Flamengo. Em entrevista ao jornal Extra, o alvinegro disse que apostou com amigos que vestiria o uniforme rival se mais um tento fosse anotado após o terceiro . O fato é que o goleiro Jefferson condenou a atitude do botafoguense.

O goleiro admite que a atuação do time foi abaixo da média e que a derrota doeu nos torcedores. Porém, ele afirma que o revés não é para ser tratado dessa forma e condena a o alvinegro que trocou de time nas arquibancadas do Maracanã.

“Não vi o vídeo. A derrota doeu muito no torcedor. Doeu muito no jogador também. Sabemos da responsabilidade. Saía na rua e os torcedores brincavam que não se importavam com o Brasileiro, mas que tínhamos que vencer o Flamengo. Mas mesmo assim não é para tanto [trocar de time]. O torcedor sempre demonstrou estar com a gente, principalmente nas ruas. Pode ter certeza que estaremos mais concentrados para terminar o ano de cabeça erguida. Infelizmente na Copa do Brasil não deu”, disse.

A principal queixa dos torcedores não foi a derrota em si, mas a forma como ela ocorreu. Jefferson diz que os jogadores até agora não entendem o que aconteceu na partida e diz que ninguém esperava um placar elástico como esse, nem o mais otimista torcedor do Flamengo.

“Ninguém esperava esse resultado como ocorreu. Entramos concentrados, ligados e focados. Era o jogo da nossa vida. Futebol é isso. Depois que tomamos o primeiro gol, nossa equipe não se encontrou. Tentamos, mas não deu. O Flamengo foi superior, principalmente, pelo lado esquerdo com o Paulinho, que fez partida incrível. Tentamos sair, não conseguimos e demos contra-ataques. Eles fizeram o segundo gol. Nos atiramos ainda mais e eles souberam aproveitar. Ficamos vulnerável atrás”, afirmou.

Eliminado da Copa do Brasil, o Botafogo e terá apenas o Campeonato Brasileiro até o final do ano. O Alvinegro está na quarta colocação, com 50 pontos, com vantagem de quatro para o Goiás, primeiro time fora do G-4, que garante vaga na Libertadores-2014. O time de General Severiano volta a campo no sábado, às 18h30, quando medirá forças com o Atlético-MG, no Maracanã.

Fonte: UOL

Comentários