A má fase do Botafogo não termina e pode resultar em rebaixamento. Na noite deste sábado, o Alvinegro perdeu mais uma partida no Campeonato Brasileiro – 2 a 0 para o Atlético-PR, em Volta Redonda. A equipe tenta explicar os maus resultados mesmo com a necessidade de vencer para fugir da degola. O capitão Jefferson cita a dificuldade de o time se manter firme psicologicamente dentro de campo.

“Nosso psicológico está abaixo. O time toma um gol e parece que foram três”, exemplicou o goleiro da seleção brasileira, que foi muito exigido na partida deste sábado e saiu-se bem mais uma vez.

“O que ajudará o Botafogo neste momento é suar sangue e doar o coração em campo. Tem que ter mais pegada, acho que é isso que falta. Isso vai mudar. Vamos nos fechar ainda mais para sair dessa situação”, avisou Jefferson.

Carlos Alberto também tenta encontrar argumento para entender a péssima situação do time no Brasileirão. “Precisamos mudar essa situação difícil. Mesmo com todas as dificuldades, conseguimos criar alguma coisa. As coisas podem melhorar. É preciso coragem, só assim mudamos essa situação difícil”, complementou o camisa 19 alvinegro.

Com o revés, o Botafogo segue na 18ª posição do Brasileiro, com 33 pontos, três a menos que a Chapecoense – primeiro time fora da degola. E a distância, bem como o drama, pode aumentar no domingo, no complemento da rodada. Já o Atlético-PR chegou aos 46 pontos, subindo para a nona colocação.

Fonte: UOL