Jefferson: ‘Já tem torcedor falando pelo amor de Deus para não deixar o time cair’

Compartilhe:

A máxima de Machado de Assis de que “é melhor cair das nuvens que de um terceiro andar” se encaixa no momento atual do Botafogo. Em 14º lugar, com nove pontos, a dois da zona de rebaixamento, o time tem um desafio fundamental, neste sábado, às 21h, em Volta Redonda, para não despencar na área perigosa. Consciente de que é melhor cair na realidade, o capitão Jéfferson está de volta ao gol no jogo contra o Coritiba, antepenúltimo colocado, com sete pontos.

— Temos que pôr os pés no chão. Estamos perto da zona, e o campeonato não começou agora. Temos que fazer os pontos necessários para fugir da zona. Tem torcedor já falando pelo amor de Deus para não deixar o time cair. Não podemos fugir, falando: “Vamos brigar lá em cima ou o líder não pode escapar”. Vamos lutar para sair dessa situação — prometeu Jefferson.

Longe do Botafogo desde junho, quando se apresentou à seleção, o goleiro diz que nunca se desligou completamente do clube, mesmo na Copa. Segundo ele, até na derrota contra o Sport por 1 a 0, na última quarta-feira, foi possível perceber uma evolução técnica e física, apesar da falta de ritmo de jogo da equipe comandada por Vagner Mancini:

— Houve uma evolução muito grande. Sofremos com a falta de ritmo, mas não podemos esperar quatro ou cinco jogos para deslanchar. Não temos essa gordura para queimar. Temos que antecipar o ritmo e começar a pontuar.

Se a equipe contará com o retorno do goleiro, terá os desfalques de Edilson e Emerson, suspensos; e Jorge Wagner e Carlos Alberto, lesionados. Já Ferreyra, que não treinou na sexta,devido a um problema estomacal, está relacionado e viajou com a equipe para Volta Redonda.

Mancini também poderá contar com Airton, que teve renovação de seu empréstimo oficializada pela CBF. Dessa forma, o meio deve ser formado por ele, Gabriel e Bolatti na contenção, e Zeballos mais à frente fazendo a ligação com o ataque formado por Wallyson e Yuri Mamute.

LOCO ABREU NÃO VEM

Apesar de não ter a missão de chegar à frente para marcar os gols que podem trazer a vitória e a tranquilidade, o capitão Jefferson tem o espírito de liderança necessário para ajudar a dar rumo à equipe:

— Já estamos bolando uma reunião antes do jogo para mexer positivamente com o psicológico. Muitas vezes, estamos subindo ladeira, fazendo muito esforço para vencer os jogos, coisa que tem que ser naturalmente. É nítido, quando tomamos gol, o abatimento dos jogadores. Há maneiras de incentivar o companheiro. Sei do peso que têm as minhas palavras no clube.

Para não deixar descer ladeira abaixo, Jefferson consolou o jovem goleiro Andrey, de 21 anos, que sofreu um gol do meio de campo na derrota para o Sport:

— Não podemos jogar a responsabilidade para cima de um garoto de 21 anos. Nessa hora, o jogador experiente tem que botar a cara a tapa e isentar 100% o Andrey, que fez uma grande partida e tem que levantar a cabeça.

Mesmo dizendo que está com a cabeça 100% no Botafogo, Jefferson confirmou que houve sondagens do Benfica, mas nada concreto nem proposta oficial.

Já uma possível volta de Loco Abreu ao Botafogo foi descartada na sexta pelo próprio atacante, que disse ter comunicado ao clube a decisão de permanecer no Rosario Central até o fim do ano.

— Já tinha dado a palavra ao presidente e ao técnico. Não ficaria bem comigo mesmo se não cumprisse — disse Loco ao site Globoesporte.com.

FICHA DO JOGO

Botafogo: Jefferson, Lucas, Bolívar, Dória e Junior Cesar; Airton, Bolatti, Gabriel e Zeballos; Wallyson e Yuri Mamute.

Coritiba: Vanderlei, Reginaldo, Welinton, Leandro Almeida e Dener Assunção; Baraka, Gil, Robinho, Alex e Elber; Keirrison.

Juiz: Nielson Nogueira Dias (PE)

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda

Horário: 21h

Transmissão: Premiere



Fonte: O Globo Online
Comentários