Os resultados são animadores, mas as atuações não convencem nem mesmo o elenco do Botafogo. Depois de Bruno Silva e Luis Ricardo, foi a vez do capitão Jefferson reconhecer que o time deve uma exibição convincente — mesmo com 100% de aproveitamento e a liderança isolada no Grupo B do Campeonato Estadual.

— Estamos evoluindo como equipe, mas precisamos ser mais consistentes e oscilar menos em campo — analisou o camisa 1.

Para Jefferson, diante da incerteza sobre a chegada de reforços, é preciso tempo para que os jogadores ganhem confiança e entrosamento:

— A gente sente a preocupação dos torcedores. Como capitão, peço paciência a todos. Não adianta se iludir com a chegada de mais jogadores de alto nível, porque não sei se vai acontecer.

Os alvinegros poderão ver ao menos uma cara nova em breve. O atacante uruguaio Juan Salgueiro, que já treina com bola, chega para acrescentar rodagem a um elenco repleto de garotos.

— É um jogador experiente e de alto nível. Nós precisamos disso neste momento — disse o capitão.

Apesar das limitações alvinegras, Jefferson prometeu que a equipe chegará forte para a disputa das fases finais do Estadual. E foi além: descartou que, para o Campeonato Brasileiro, o objetivo seja apenas a fuga do rebaixamento à Série B.

— O Botafogo nunca vai ter a meta de entrar em uma competição para não cair — afirmou o goleiro.

O Alvinegro defende sua invencibilidade no Estadual no próximo domingo, às 17h, contra a Cabofriense, em São Januário. Na quarta-feira seguinte, o clube faz o primeiro clássico do ano, contra o Fluminense.

Nesta quarta, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro confirmou a realização da partida no Estádio Kléber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo, às 21h45m.

Será a segunda vez no ano que o Alvinegro atuará no estádio. Na pré-temporada, perdeu um amistoso para a Desportiva, por 2 a 1.

Fonte: Extra Online