Depois de driblar três marcadores e chutar para as redes, Gilberto correu para a torcida e chorou na comemoração. O primeiro gol como profissional do Botafogo, o terceiro na vitória desta quarta-feira sobre o Tigres por 3 a 0, emocionou o lateral direito. Depois da partida no Engenhão, o atleta de 22 anos explicou as lágrimas e homageou a avó.

“Passou muita coisa (na minha cabeça). Todos esses anos aqui sempre tentei dar meu melhor, dou minha vida pelo clube. Quando fui para lá foi de emoção mesmo, ver a torcida gritando meu nome. Não conseguia parar de chorar, fiquei pensando na minha avó (Rosália), que está passando por um momento difícil. Queria que ela estivesse aqui para sorrir comigo, mas ela não está podendo. Quero dedicar esse gol para ela e para a torcida do Botafogo”, disse o lateral, que no ano passado foi emprestado ao Internacional.

No fim do jogo, Gilberto ainda fez questão de atravessar o campo e abraçar o goleiro Jefferson. O capitão e líder alvinegro tem conversado bastante com os mais jovens do elenco. Em 2013, Jefferson confortou o lateral após atuação ruim na eliminação do Botafogo para o Flamengo na Copa do Brasil, após ser goleado por 4 a 0 nas quartas de final.

“Na época da Copa do Brasil, ele me apoiou demais. Ele me deu uma bíblia de presente essa semana. Tem um valor muito grande para esse clube. O Jefferson é muito importante dentro de campo, mas as pessoas não sabem o quanto fora”, contou Gilberto.

Jefferson confirmou as conversar e o incentivo que tem dado aos jogadores mais jovens e fez elogios ao desempenho de Gilberto, peça importante na partida que recolocou o Botafogo provisoriamente na liderança do Campeonato Carioca.

“Eu falo muito com o Gilberto, principalmente depois do jogo contra o Bangu, falei para ele: ‘se solta, você é um grande jogador, um cara que tem força. Eu sempre falo com ele e com os outros jogadores. Acho que foi por isso que ele foi correr lá pra mim. Ele falou: ‘cara, quando você falou isso para mim, eu despertei’. Parabéns, foi um belo gol que ele fez”, afirmou o goleiro alvinegro.

Fonte: Gazeta Esportiva