O meia João Paulo, peça fundamental do Botafogo por sua versatilidade, afirmou que no domingo, contra o Flamengo, jogará onde o treinador pedir. Como os meias Camilo e Rodrigo Lindoso sentiram dores e são dúvida para enfrentar o Fla, João Paulo pode ser adiantado e cumprir a função que normalmente é de Camilo.

– Eu deixei claro quando cheguei ao Botafogo que consigo fazer essas funções no meio (como volante e como armador), mas cabe ao Jair decidir o que for melhor para o Botafogo. Estou muito à vontade na função que estou exercendo, mas se tiver que mudar, farei – afirmou o jogador em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Ele já atuou como volante mais marcador, na posição que era ocupada por Airton, e como um volante que sobe mais para o ataque, nas ocasiões em que substituiu Bruno Silva. Neste domingo, ele pode jogar numa terceira posição: a de armador. Tudo isso depende da situação física de Camilo e Lindoso; João Paulo torce para que os dois possam atuar.

– São dois jogadores fundamentais. Não sei até que ponto preocupam, mas com certeza a gente perderia com a saída deles. Por outro lado, temos um plantel muito qualificado para substituí-los à altura. Eu tenho entrosamento muito bom com os dois, então torço para que joguem.

O jogador falou também sobre o adversário de domingo. Após as declarações do centroavante Roger que o peruano era supervalorizado, João Paulo disse que ele tem qualidade:

– O Guerrero é muito bom. E eles também têm Diego, Arão, Éverton, então temos que tomar muito cuidado com o Flamengo. Mas não acho que precisaremos fazer marcação individual em ninguém.

Fonte: Extra Online