O Botafogo viaja para Belo Horizonte com a missão de reverter um placar adverso de 1 a 0 em casa nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético-MG. João Paulo afirmou, em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos, que o objetivo do Alvinegro é, de qualquer maneira, vencer – algo que ainda não aconteceu desde o fim da Copa América.

‘Esse jogo vai virar, eu quero ser o vencedor!’
⬇ Não perca Atlético-MG x Botafogo! ⬇
Acredite na virada AO VIVO e DE GRAÇAComo assistir Atlético-MG x Botafogo ao vivo pela Copa Sul-Americana

– Temos que buscar o equilíbrio. Não pensamos muito se vamos fazer cinco ou levar quatro gols. O que mais queremos agora é voltar a vencer. Vencendo em Belo Horizonte pelo menos levamos a decisão da vaga para os pênaltis. Se for por mais de um gol, já garante a classificação. Temos muita consciência do que temos que fazer. Não vai ser fácil como não foi fácil o jogo no Rio. Mas da mesma maneira que eles (Atlético-MG) venceram aqui, também podemos vencer lá (Arena Independência) – afirmou.

A missão do Botafogo ficou ainda mais complicada após a expulsão de Joel Carli no jogo de ida. Sem poder contar com o argentino e com Gabriel, que está emprestado pelo próprio Atlético-MG, o Glorioso vai entrar em campo com uma improvisação na defesa. Eduardo Barroca conta apenas com Marcelo Benevenuto como zagueiro de origem.

– Sabemos que vamos precisar improvisar algum jogador, mas temos nomes no elenco que podem fazer essa função e estamos tranquilos quanto a isso. Jean tem feito bons treinos com a gente na zaga. Não é um fator que preocupa, tem o Alan (Santos) que também já jogou de zagueiro e treina assim às vezes. Estamos bem servidos. Marcelo já provou seu valor, tinha sentindo um incômodo, mas agora está 100%. Será essencial para a gente – analisou.

João Paulo reafirmou a confiança na classificação do Botafogo. Por conta do critério do gol qualificado fora de casa, uma vitória simples leva a decisão para os pênaltis; qualquer triunfo por um gol de diferença com as duas equipes marcando dá a classificação para a equipe carioca.

– É um pouco chato, não gostamos de passar por uma sequência negativa. Mas temos muita confiança, trabalho está sendo feito, temos nos esforçado. Quando a gente se esforça, dá nosso melhor, daqui a pouco isso vira. Temos que acreditar, trabalhar forte – finalizou.

Fonte: Terra