Um dos principais jogadores do elenco do Botafogo, João Paulo teve a perna quebrada em dividida com Rildo em clássico com o Vasco, em março de 2018. Desde então iniciou um longo período de recuperação. Ele voltou a jogar em novembro, mas só conseguiu recuperar o bom futebol que o fez cair nas graças da torcida em rodadas recentes do Brasileirão deste ano.

O ritmo de jogo para estar sendo fundamental. Em abril, João Paulo passou a ser titular absoluto do Botafogo. Desde então fez 28 jogos saindo na escalação inicial. Ainda assim, oscilou bastante durante este período, preocupando os botafoguenses.

Chegou inclusive a ser vaiado pela torcida, que tanta admiração já mostrou pelo atleta. O meio-campista evidentemente não gostou do que ouviu, mas sabia que poderia jogar mais. Curiosamente, o bom futebol voltou justamente quando o time passa pela pior sequência no Campeonato Brasileiro.

Em derrota para o São Paulo no Nilton Santos, teve atuação primorosa: marcou gol e parecia estar por todos os lados do campo. Foi a partir desta partida que a torcida percebeu que seu xodó estava de volta. Mesmo em meio a esta má fase do time, tem arrancado os poucos aplausos dos torcedores.

Contra o CSA, nesta segunda-feira, o jogador novamente terá papel fundamental também na criação de jogadas. Isso porque Alex Santana ainda não poderá jogar por conta de uma lesão no tornozelo. João Paulo, portanto, segue na função de auxiliar Bochecha no setor de meio-campo.

Após figurar no meio de tabela grande parte da competição, o Botafogo já ligou o sinal de alerta e está cada vez mais próximo da zona de rebaixamento. Em 13º, o Alvinegro volta a campo na segunda-feira, quando receberá o CSA, no Nilton Santos.

Fonte: UOL