A vaga nas semifinais do Campeonato Estadual foi o primeiro passo do Botafogo rumo a um título que parecia distante no começo da temporada. E Joel Carli sabe que, para manter o sonho vivo, será preciso dar uma dose extra de sacrifício.

— Chegamos onde queríamos. Agora, temos um jogo muito importante, com a dificuldade de ficarmos fora da final em caso de empate. Será um bom desafio — avalia o zagueiro.

O adversário da semifinal é o Fluminense, que já entrou no caminho do Alvinegro em duas oportunidades neste ano. O Botafogo ainda não perdeu — tem uma vitória e um empate —, mas Carli prefere deixar de lado o retrospecto favorável.

— Cada partida se desenvolve de uma maneira diferente. O Fluminense tem uma equipe que, se deixarmos jogar, vai dar trabalho — alerta o defensor.

Enquanto, na defesa, está tudo muito bem pelas bandas de General Severiano, o setor ofensivo tem sofrido para marcar neste Estadual. Apesar de reconhecer que o time precisa encontrar novas maneiras de furar o bloqueio dos adversários, Carli prefere encher a bola dos homens de frente:

— Se temos a melhor defesa do Estadual, é também graças aos atacantes, que ajudam na marcação.

Fonte: Extra Online