Os torcedores de Botafogo e Macaé terão muito o que discutir nos próximos dias. No entanto, a polêmica atuação do árbitro Rafael Martins de Sá na vitória alvinegra por 2 a 1 neste sábado, no Nilton Santos, não foi comentada por Vinícius Tanque, autor do derradeiro gol botafoguense aos 52 minutos do segundo tempo.

“Fico feliz por ter feito o gol da vitória, ajudado a equipe. Lutamos até o final, e conseguimos fazer o gol no fim e sair com o resultado positivo, que é o mais importante”, destacou o atacante ao Sportv na saída de campo, em sintonia com Rodrigo Lindoso, que abriu o placar neste sábado.

“A gente teve forças, criou chances claras. Fomos merecedores pela posse de bola e pelas finalizações. Poderíamos ter conquistado uma vitória mais tranquila, mas foi importante assim, com emoção”, comemorou o meio-campista, sorridente com o bonito gol.

A polêmica gira em torno da saída da bola pela linha de fundo no momento do cruzamento de Guilherme. “O Guilherme está de parabéns, correu muito, se entregou ali na última bola e foi feliz de ter acreditado. E eu consegui colocar a bola para dentro”, disse Tanque.

Além disso, o Macaé questiona os sete minutos de acréscimo dados pelo árbitro Rafael Martins de Sá, mas a decisão parece ter sido tomada em função das constantes quedas do goleiro Milton Raphael, do próprio time visitante.

Fonte: BOL