Jogo com o Inter: à espera do Maracanã, Botafogo vive impasse

Compartilhe:

O Botafogo vai decidir nesta terça-feira o local do confronto com o Internacional, dia 15, pelo Campeonato Brasileiro. O clube ainda não chegou a um acordo com o Consórcio Maracanã para a realização do jogo no estádio, já que a intenção é não realizar mais eventos avulsos, como aconteceu contra o Vitória, na semana passada.

A diretoria do Botafogo vem negociando um contrato de dois anos com o Consórcio Maracanã, mas manterá o vínculo com os administradores do estádio pelo restante do período pelo qual detém a concessão (total de 35 anos). No entanto, não haverá  obrigatoriedade de atuar no local nem multa por rescisão.

Caso não consiga anunciar o acordo com o Maracanã nesta terça-feira e, consequentemente, a realização do jogo com o Internacional no estádio, o Mané Garrincha, em Brasília, passa a ser favorito para receber o confronto. A cidade já será palco neste sábado do jogo com o Goiás.

Outra opção é a utilização de São Januário. O estádio do Vasco foi palco da vitória por 2 a 0 sobre o Náutico e a relação entre as diretorias voltou a ser positiva depois de um desentendimento logo depois do fechamento do Engenhão, no dia 26 de março, quando o Botafogo não aceitou jogar o clássico entre os dois times no estádio sem a divisão de torcida em 50%.

A necessidade de decidir o local do jogo se faz pelo prazo de 10 dias. No entanto, por motivo de força maior, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pode reduzir o período. O caso do Botafogo, por causa do fechamento do Engenhão, é tratado dessa forma.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários