Quem pensa que o Botafogo foi o primeiro time a chorar por causa de uma derrota está muito enganado. Quem chorou primeiro foi o Flamengo. Pior: chorou … e sentou. É o que garante o jornalista botafoguense Paulo Cezar Guimarães, que foi colunista de Esporte do Correio do Brasil durante mais de três anos e está escrevendo o livro “Jogo do Senta, a verdadeira origem do chororô”, que completará 70 anos em setembro próximo. O livro já tem data para ser lançado:  10 de setembro, o dia do famoso jogo.

– Na verdade esse não foi o único chororô flamenguista. Teve também aquele de 1989. Tem flamenguista que até hoje chora por causa do gol do Maurício. Mas esse chororô de 1944 é especial. Afinal, chorar após derrotas é muito comum, Mas nunca soube de ninguém que tenha sentado – diz o jornalista.

PC, como é conhecido entre os amigos, estranha quando alguns amigos flamenguistas choram falando que o jogo foi há muito tempo.

“Ué! 1981 não é passado? Os flamenguistas vivem falando da tal Copa Toyota de 1981, que aconteceu há 33 anos. Tem muito flamenguista de carteirinha por aí que não viu esse jogo. Qual o critério de passado para os flamenguistas? Só vale o que eles viram na Globo? ora, me poupem, né?”

Criador do Blog do PC, o jornalista é uma figura irreverente e bem humorada, mas revela que o livro não vai ser apenas um livro engraçado para botafoguense zoar os flamenguistas.

– Que nada! Outros torcedores também poderão zoar o Flamengo depois de ler esse livro. Mas não é apenas um livro engraçado e curioso. É um livro sério e bem pesquisado. E teremos até testemunhas oculares da história que vão contar tim tim por tim tim como tudo aconteceu. Entrevistei um procurador da Justiça que lembra até do lugar em que estava no jogo. Fora jogadores de futebol, dirigentes e ex-dirigentes do Botafogo, pessoas que tiveram alguma ligação com o jogo, como o filho de um ex-jogador do Flamengo, e muito mais. Vai ser o sucesso editorial do ano. Te cuida, Paulo Coelho!”.

Fonte: Correio do Brasil