O STJD entendeu pela não anulação de Botafogo 0 x 1 Palmeiras, apesar do claro erro de direito do árbitro Paulo Roberto Alves Júnior (PR) em usar indevidamente o VAR após reinício da partida para marcar pênalti de Gabriel em Deyverson. Contudo, já há na imprensa quem discorde da decisão.

O jornalista Sergio du Bocage, da TV Brasil, apontou um erro gritante do julgamento e explicou que a partida deveria ser anulada.

 

 

Fonte: Redação FogãoNET e Twitter do Sergio du Bocage (TV Brasil)