Juan tenta ‘fazer as pazes’ com Botafogo e esquece passagem no São Paulo

Compartilhe:

Parece que os ares rubro-negros de Salvador fizeram bem ao lateral-esquerdo Juan. Desde que deixou o São Paulo e se trasnferiu para o Vitória, o jogador recuperou não só o bom futebol, como também a regularidade. Em 12 jogos pelo clube baiano, ele já marcou dois gols e é um dos mais festejados pela torcida. Satisfeito, Juan celebra o bom momento na carreira.

– Tudo que está acontecendo desde que cheguei ao Vitória foi muito importante para recuperar a boa fase. Fui bem recebido por todos e o fruto disso aparece dentro de campo. Posso falar que é um momento muito importante para a minha carreira, já que em tão pouco tempo conquistei o carinho e respeito de todos por aqui – afirmou.

Nesta quinta-feira, Juan terá um velho conhecido pela frente no Barradão. Jogador do Flamengo durante cinco temporadas, o lateral decidiu estaduais e disputou diversos clássicos contra o adversário. Mesmo assim, considera a partida de logo mais como um episódio diferente contra o Alvinegro.

– Apesar de já ter enfrentado muito o Botafogo na época do Flamengo, agora é uma história diferente. Não é mais aquela rivalidade local, mas também é uma partida importante. Espero é dar continuidade no bom momento que eu e a equipe do Vitória atravessamos neste momento – afirmou.

O jogo é crucial para o Vitória, uma vez que o Botafogo é um adversário direto do clube na luta pelo G4. Com 40 pontos, os baianos estão a nove do adversário. Mesmo assim, Juan acredita em um bom resultado e na conquista de uma vaga na Libertadores.

– Acredito que o jogo desta quinta-feira é fundamental para nosso objetivo, que é chegar ao G4. O grupo está trabalhando e focado nesse objetivo. Dentro de casa, espero que possamos fazer um grande jogo – declarou.

SEM MÁGOAS DO SÃO PAULO

Antes do bom momento vivido na temporada, Juan passou por um momento difícil nos últimos anos. No meio de uma grande pressão no São Paulo, o jogador ficou um período sem ser relacionado. Foi emprestado, durante sua primeira passagem pelo Morumbi, para o Santos, onde teve altos e baixos. Retornou ao Tricolor e, novamente, não conseguiu emplacar. Mesmo sem boas lembranças, ele garante que o período ficou no passado.

– Se soubesse o que teria causado essa fase anterior no São Paulo e Santos, tentaria fazer coisas diferentes para que fossem passagens melhores. Aqui no Vitória cheguei em um bom momento. Já no São Paulo, durante a minha primeira passagem, o clube vinha de alguns anos sem títulos e sem disputar a Libertadores. Por conta disso, a pressão foi grande e tentaram achar culpados. Na segunda passagem, a equipe vinha de dez jogos sem vencer e novamente a pressão grande veio em cima de mim. Felizmente já passou, não guardo mágoas e estou feliz agora no Vitória – analisou.

Juan credita a fase do São Paulo no Brasileiro, lutando contra o rebaixamento, a alguns fatores, sobretudo políticos. Mesmo assim, acredita que o ex-clube vai permanecer na elite do futebol brasileiro.

– São vários fatores que estão acontecendo que fazem com que o São Paulo esteja atravessando esse momento. O jejum de títulos nos últimos anos (ganhou a Copa Sul-Americana no ano passado) e a própria política do clube pode estar afetando. Mesmo assim, o São Paulo tem um grande elenco e uma grande comissão técnica. Acredito que o clube não será rebaixado – afirmou.

Fonte: Lancenet!

Comentários