Com o Nilton Santos recebendo 34 mil torcedores, tudo preparado para festejar a classificação antecipada em duas rodadas, o Botafogo bobeou, foi com muita sede ao pote sem respeitar o velocíssimo time do Barcelona equatoriano e tomou dois gols em cobrança de laterais.

Cobranças de laterais a seu favor, o que é ainda pior de tomá-los em laterais cobrados pelos adversários.

O 2 a 0 apenas no primeiro tempo decretou a derrota surpreendente.

A movimentação incessante dos equatorianos enlouqueceu a defesa brasileira, como barata tonta.

O ótimo desempenho botafoguense em Guayaquil no empate por 1 a 1 ficou por lá, infelizmente.

O que era para ser a classificação do Glorioso acabou por ser a dos Canarios.

Que mesmo com a vantagem continuaram agredindo os anfitriões, que trocaram o machucado Camilo por Roger, no segundo tempo.

Só aos 21 minutos o Botafogo ameaçou, com Sassá, e no minuto seguinte, com Roger.

Depois, aos 36, outra vez Sassá pôde diminuir, mas chutou em cima do goleiro.

Derrota inesperada, vitória justíssima.

Uma pena.

Resta uma vaga disputada por Botafogo, com mais chances, Atlético Nacional e Estudiantes.

Nada é mesmo fácil na vida do botafoguense, que apoiou o time até o fim.

Fonte: Blog do Juca Kfouri - UOL