A vitória por 2 a 1 no clássico contra o Fluminense deu ainda mais moral para o elenco alvinegro, que deu um salto na tabela e agora ocupa a posição 6 com oito pontos. O próximo adversário será o América Mineiro, domingo, no Independência e atacante Kieza vê a oportunidade com bons olhos para ampliar a pontuação antes da pausa para a Copa do Mundo.

– A importância é grande e queremos brigar pelo título. Sabemos que é difícil, mas estamos numa grande equipe e temos sempre que buscar isso. Teremos um jogo difícil contra o América e vamos procurar fazer um grande jogo para voltarmos com os pontos – disse o K9.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Kieza no Estádio Nilton Santos:

A VIDA DO ATACANTE

– Sabemos que atacante vive de momentos. Estou acostumado com isso e procuro fazer o meu trabalho para estar bem tranquilo quando as oportunidades chegarem. O Aguirre chegou, é um grande jogador e irá nos ajudar bastante. Pôde estrear e sentir um pouco do nosso jogo.

CONCORRÊNCIA VÁLIDA

– Sempre temos que ter uma sombra no nosso trabalho para não deixar a peteca cair. Sempre um respeitando o outro e de uma forma sadia.

TAMBÉM PELOS LADOS

– Em praticamente todos os times que passei eu pude jogar pela beirada. Claro que depois de um tempo sem fazer você se atrapalha um pouco no começo, mas me sinto muito bem jogando pela ponta e agora é uma questão mais de se acostumar.

DISPOSTO A AJUDAR

– Nunca tive essa pretensão de ficar centralizado. Estou disposto para qualquer oportunidade.

COBRANÇA DO PAI BOTAFOGUENSE

– Meu pai é muito chato. No último jogo ele falou muito na minha cabeça, que eu tinha que ter feito o gol por ser um 9. Isso faz parte, já estou acostumado.

Fonte: Site oficial do Botafogo