Com a saída do uruguaio Aguirre, confirmada após reunião na manhã de terça-feira, o Botafogo passa a ter mais uma posição carente no elenco. Kieza e o jovem Igor Cássio, que ainda não estreou nos profissionais, são as únicas opções de Zé Ricardo para o comando do ataque.

A diretoria alvinegra, que estuda novas contratações, agora passa a ver o ataque como nova prioridade. Desejo antigo, o argentino Hernán Barcos se acertou com o Atlético Nacional, da Colômbia. O Botafogo não chegou a procurá-lo após sua rescisão com o Cruzeiro, na última semana.

Os dirigentes também buscam mais alternativas para as laterais. O equatoriano Mario Pineida, do Barcelona de Guayaquil, chegou a ser oferecido como alternativa para os dois lados, embora seja canhoto. Na esquerda, o Botafogo conta com Gilson e com os jovens Jonathan e Lucas Barros, ambos promovidos da base neste ano.

Na direita, Marcinho é a única opção de Zé Ricardo atualmente. O Botafogo procurou Madson, de 27 anos, ex-Vasco, mas o negócio não evoluiu. O jogador pertence ao Grêmio e, segundo o “Globoesporte.com”, deve seguir para o Athletico.

Com apenas um ponto, o Botafogo precisa vencer o Resende, quinta-feira, para seguir com chances de classificação na Taça Guanabara.

Fonte: Extra Online