(Lembra dele?) Élvis é 1º a jogar todas séries no mesmo clube

Compartilhe:

Na alegria e na tristeza, na riqueza e na pobreza, na saúde e na doença. A relação de Élvis com o Santo André é um verdadeiro casamento com mais de 10 anos e cheio de idas e vindas. Tanto é que ele pode se orgulhar de ser o único jogador a disputar todas as séries do Campeonato Brasileiro por um mesmo clube. “São divisões muito diferentes, muda muito as características. Você precisa se adaptar o mais rápido possível a cada competição, mas o mais importante é estar dentro”.

O primeiro nacional que o jogador de 34 anos disputou foi a Série C (até então a última divisão) em 2003. Apesar de não ter marcado gols, ele foi importante no acesso para a segunda divisão. A vaga foi conquistada em uma vitória por 2 a 1 de virada contra o Campinense no Estádio Amigão lotado com mais de 35 mil pessoas. Parecia um ensaio para o que viria no ano seguinte.

Em 2004, o principal ano do Ramalhão, Élvis atuou nas primeiras partidas na segunda divisão que acontecia ao mesmo tempo em que outra competição, onde ele se consagraria. O meia foi protagonista na maior alegria do clube, na final da Copa do Brasil de 2004, quando a equipe comandada por Péricles Chamusca venceu o Flamengo por 2 a 0 em pleno Maracanã e conquistou o título. “Aquele foi momento mais feliz da minha vida, da carreira profissional. Ficou marcado na minha história”. Ele marcou o segundo gol e calou mais de 72 mil flamenguistas no segundo ‘Maracanazzo’. Suas boas atuações na competição o fizeram acertar com o Botafogo.

Fabricio Pelachine

Ídolo do Santo André, Élvis disputa atualmente a Série D e já marcou um gol
Meia de 34 anos passou pelas Séries A, B, C e D

Depois disso, rodou por vários clubes como Marilia, Ituano, Remo e Campinense. Em 2009, retornou ao Santo André em outro momento importante. O time iria jogar a elite do Brasileirão após 25 anos, uma época que ele sente saudade. “O gostoso é jogar Série A e Série B. É um clube que eu tenho muito respeito, muito carinho, sou ídolo aqui. Então a gente sempre quer que o Santo André volte pra lá porque é clube grande”. Mesmo não tendo muitas oportunidades no time, ele fez dois gols na campanha que terminou com o rebaixamento. Sua saída não foi nada boa após brigas com a diretoria da empresa que comandava o time. Parecia que havia chegado ao fim o casamento de Élvis com o Santo André.

Após perder a final do Campeonato Paulista para o Santos, o clube entrou em decadência. Caiu da primeira para a quarta divisão no Brasileiro e para a série A2 do Paulista. Élvis também continuou sua vida de cigano da bola. Com o retorno da diretoria que comandava o time em 2004, o jogador teve um recomeço. No momento em que o clube mais precisou, ele não pensou duas vezes.

“Eu estava no Juventus da Moóca e quando o presidente me ligou a primeira coisa que eu falei foi que não queria nem saber quanto ele ia me pagar. Eu gosto de jogar aqui, tenho uma identificação muito grande.”

Para quem viveu os melhores momentos da história do time, ele teria um novo desafio pela frente: tentar tirar o clube do fundo do poço. No lugar do estádio mais famoso do Brasil, gramados esburacados, no lugar dos estádios lotados, as arquibancadas vazias.

“Hoje a gente está tentando resgatar de momentos anteriores que vivemos de felicidade. A gente vai conseguir, porque todos tem o mesmo objetivo”. Na estreia da Série D, um empate.

Neste sábado contra o Villa Nova (MG) no Bruno José Daniel, ele atuou mesmo sentindo dores no joelho. “Hoje eu joguei machucado, mas a vontade de vestir esta camisa é muito grande”. Para coroar a atuação, um gol de falta logo no início da partida que terminou 2 a 1 para o Santo André. Pelo clube, Élvis mostra que é o Rei das divisões do Brasil, e promete que se precisar atua em qualquer uma delas, seja de Campeonato Brasileiro ou Paulista: “O que vier a gente tá dentro!”

Os números no Brasileirão

*2003 – Elvis disputou 15 jogos pela serie C e não marcou gols

2004 – Elvis disputou 12 jogos pela serie B e marcou 2 gols

2009 – Elvis disputou 21 jogos pela série A e marcou 2 gols

2013 – Elvis disputou 2 jogos pela série D e marcou 1 gol



Fonte: ESPN.com.br
Comentários