Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Lembra dele? Ex-Botafogo, Luis Henrique brilha na Finlândia e desperta interesse na Europa

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Lembra dele? Ex-Botafogo, Luis Henrique brilha na Finlândia e desperta interesse na Europa
Arquivo pessoal

Luis Henrique defendeu a Seleção Brasileira no Mundial Sub-17, é revelado pelo Botafogo e já jogou por Athletico-PR, Grêmio e Oeste. Agora, o jogador de 22 anos está no Helsingfors, da Finlândia, e não pensa em voltar ao futebol brasileiro tão cedo.

“No momento, não. Ainda não. Claro, se tiver proposta boa, a gente analisa com carinho. A princípio, tenho meus planos de continuar aqui fora, ficar na Europa, ficar por aqui, mas Brasil é onde minha família mora, essas coisas pesam”, explica o próprio jogador.

Luis Henrique conversou com a Gazeta Esportiva por videochamada pouco antes de embarcar em um voo para o Rio de Janeiro, com escala em Paris. As férias forçadas se deram por causa do coronavírus, apesar da Finlândia estar lidando bem com a pandemia.

“Eu sou novo, para mim, quanto mais jogos, melhor. Nosso campeonato ia começar, a estreia seria em 13 de abril e a Liga já adiou para junho, o que também acho que não vai acontecer. Não vai ser em um mês e meio que vai concretizar”, conta.

“É ruim, porque nós trabalhamos com o corpo. Quanto menos tempo temos para aproveitar, menos tempo de carreira. No meu caso, eu ganhei um mês de férias. Em um mês, mesmo se cuidando, treinando todo dia, não é igual. É praticamente uma nova pré-temporada. Mesmo que você se cuide, vai ter de fazer mais duas ou três semanas de treinos no campo para entrar no ritmo de jogo”.

A quarentena também frustrou uma eventual transferência de Luis Henrique, que vivia boa fase dentro de campo, até o futebol ser paralisado.

“Eles (os clubes interessados) vão ter de avaliar a temporada passada, que foi a melhor temporada da história da equipe aqui na Finlândia, recebi diversas propostas para sair e eles optaram por não vender agora, para valorizar um pouco mais. A janela de verão que é a mais forte na Europa. Teve propostas boas da Bélgica e do Japão, mas optaram por segurar e fazer mais uma temporada”, revela o jogador.

“A Finlândia é um país muito bom para se viver. Você tem tudo. É fácil se acomodar. A Liga não é das melhoras, qualquer um sabe disso, não é uma das mais tops, mas é uma liga boa, dá sustância, bagagem. Foi muito importante para mim. Eu joguei todos os jogos de titular, fiz uma temporada muito boa, oito gols e seis assistências em 15 jogos”.

No Helsingfors, Luis Henrique tem a companhia de Toró, ex-Flamengo, e João Vitinho, revelação do Internacional. A dupla preferiu ficar na Finlândia neste período de pandemia.

Fonte: ESPN.com.br

Notícias relacionadas
Comentários