Horas após a goleada por 4 a 0, sofrida para o Bonsucesso, o Boavista já tem um novo técnico para os últimos quatro jogos do Campeonato Carioca: Waldemar Lemos foi demitido do cargo e quem assume é Rodrigo Beckham, ex-jogador do clube, de 38 anos, e que foi efetivado pela diretoria já na noite deste domingo (22). Ele será apresentado nesta segunda-feira, em Saquarema, e já ministra o primeiro treino à tarde com o novo preparador físico Joelton Urtiga.

Waldemar ficou no cargo por oito jogos e conseguiu apenas uma vitória, sobre o Barra Mansa, também a única do Verdão neste Estadual, pelo placar de 3 a 1. De resto, foram cinco derrotas e dois empates à frente do clube. Depois da derrota para o Bonsuça, em Moça Bonita, o treinador não quis falar com a reportagem do FutRio.net. O resultado fez o Boavista entrar na zona de rebaixamento do Estadual, com apenas seis pontos em 11 partidas.

Rodrigo já foi jogador do Boavista e trabalhou como auxiliar técnico em 2014, tendo mesmo treinado o time em uma partida do Campeonato Carioca. Ele esteve em Moça Bonita neste domingo e assistiu à partida contra o Cesso. Ele conversou com o gestor do clube, João Paulo Magalhães, e com o diretor de futebol, Tiago Alves, antes do começo do jogo. Como atleta, Rodrigo foi meia e defendeu o Boavista em 2006, 2007 e 2008, tendo conquistado o acesso à Série A do Carioca na primeira temporada.

Este será o terceiro técnico do Boavista em menos de dois meses, já que Antônio Carlos Roy também treinou o clube no começo do ano. O próximo jogo é na quinta-feira, contra o Vasco, no Estádio Elcyr Rezende.

Fonte: FutRio