Nos últimos anos, o Botafogo não tem acertado nas contratações. O resultado desses erros frequentes foram jogadores com passagens curtas e decepcionantes. Nós do Torcedores.com, listamos cinco contratações bizarras feitas pelo clube.

Castillo: O uruguaio acertou com o Botafogo em 2008. Em suas partidas como titular, Castillo teve falhas grotescas que culminaram em sua saída do clube.

John Lennon: O lateral tido como promessa em 2012, não desempenhou bom futebol no Glorioso e foi emprestado.

Márcio Rosário: No ano de 2010, a diretoria alvinegra contratou o zagueiro Márcio Rosário. Apelidado de Caveirão pelos torcedores, o jogador foi dispensado depois de reclamar da reserva.

Rodrigo Souto: O volante chegou a General Severiano para trazer experiência ao elenco que acabou rebaixado em 2014. Souto não conseguiu desempenhar um bom futebol, assim como todo o time, foi embora em 2015.

Escalada: Em 2008, o atacante Luis Miguel Escalada foi contratado para ser o novo “homem gol” do Botafogo. Apesar da grande expectativa alvinegra, o jogador decepcionou. O argentino chegou muito acima do peso, jogou apenas 3 partidas e foi negociado no mesmo ano.

Fonte: Torcedores.com