Um dos mais experientes árbitros do país, Marcelo de Lima Henrique vive um drama: há três anos recorrendo a infiltrações para aliviar dores no pé esquerdo, descobriu que sofreu uma ruptura no tendão de Aquiles, o que pode antecipar o fim de sua carreira.

– Estou tentando não operar, pois teria de ficar seis meses parado. Aí, acaba a carreira, pois esse é o meu último ano como árbitro – lembra Marcelo, de 45 anos.

Para seguir apitando até o fim da temporada, o árbitro, ligado à Federação Pernambucana, terá de se submeter a um teste no dia 12 de fevereiro.

– Estou tentando treinar e fazer o tratamento com ondas de choque e fisioterapia. Faço um intensivo no tratamento para levar esse ano e operar só ano que vem. Mas está muito difícil. Vida de árbitro… – diz, conformado.

Fonte: Blog da Marluci Martins - Extra Online