Liderado por Rafael Marques, Bota consegue virada nos clássicos: 10 jogos invicto

Compartilhe:

Em 2012, o Botafogo sofreu nos clássicos, vencendo apenas três dos 13 jogos disputados com seus principais adversários, perdendo quatro deles e empatando seis vezes. As duas derrotas para o Fluminense na decisão do Campeonato Carioca foram as mais doídas, incluindo uma goleada por 4 a 1.

Mas o Botafogo mudou em 2013 e se reergueu. Ao vencer por 2 a 1 o Flamengo, neste domingo, no Maracanã, encerrou mais um tabu contra o rival. Eram 13 anos sem vencer o confronto no Campeonato Brasileiro. De quebra, completou este ano uma série de dez clássicos sem perder – no total são sete vitórias, quatro empates e apenas uma derrota.

Nesse histórico positivo, o Botafogo vem sendo liderado por Rafael Marques. O atacante só não participou dos dois primeiros clássicos do ano (empate por 1 a 1 com o Fluminense e derrota por 1 a 0 para o Flamengo). Depois, atuou em todos, com sete vitórias e três empates, marcando seis gols.

Seu principal alvo foi o Vasco. Ele já fez três gols sobre o rival. Foram ainda dois contra o Flamengo. No entanto, o mais importante acabou sendo na vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense, em Volta Redonda, que garantiu a conquista do Campeonato Carioca.

No ano passado, Rafael Marques havia participado de apenas três clássicos, todos pelo Campeonato Brasileiro. Ele entrou em campo sempre no fim do segundo tempo na vitória por 3 a 1 sobre o Vasco e nas derrotas para Vasco e Fluminense, ambas por 1 a 0.

Rafael Marques trouxe do Japão o histórico positivo de clássicos. Com a camisa do Omiya Ardija, tinha como principal rival o Urawa Reds. Nesses confrontos, foram sete gols em oito jogos.

Nesta temporada, Rafael Marques ainda terá pela frente o clássico com o Vasco, no próximo domingo, pelo Campeonato Brasileiro, e o jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil contra o Flamengo, dia 23. Os dois confrontos serão no Maracanã.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários