Chegou a hora que nenhum torcedor alvinegro gostaria que chegasse, mas certamente respeita. O goleiro e ídolo Jefferson se despedirá do futebol no clube que fez história e merece todas as homenagens possíveis diante do Paraná, segunda-feira, no Estádio Nilton Santos. Um dos jogadores do atual elenco que mais conviveram com Jefferson, o volante Rodrigo Lindoso falou sobre a despedida do paredão alvinegro.

– Ele está bem e convicto do que está fazendo. Está se planejando por um bom tempo. Já dissemos que dava para jogar mais um ou dois aninhos, mas ele nos disse que são outros os motivos. Mais de 18 anos nessa luta e agora dará essa pausa. Perde o futebol brasileiro – disse Lindoso.

Confira os demais trechos da entrevista do volante Rodrigo Lindoso:

PELA MELHOR COLOCAÇÃO POSSÍVEL

– A gente fez o último jogo para ganhar, mas o resultado em Porto Alegre deixou isso impossível. Vamos brigar para ganhar essa posição e quanto melhor colocado estivermos é melhor para o clube na parte financeira. Mostrar também que a parte turbulenta que passamos foi um acaso.

APOIO AO ÍDOLO

– Para o grupo sempre tem um ou outro que brinca com ele, mas está decidido e temos que apoiá-lo. Sempre conversamos sobre o pós e ele tem vontade de fazer outras coisas. Ele comentou antes do jogo contra a Chapecoense que era o planejamento, que pensava nisso seis anos atrás. Tem filhas pequenas e chegou o momento de curtir isso. Ele é um dos grandes nomes do clube e merece o estádio cheio. Tudo que fizerem por ele será bem-vindo. Merece pela pessoa que é.

O PRAZER DE JOGAR COM JEFFERSON

– Peguei nesses dias alguém comentando sobre o prazer de ter jogado com eles. Tenho uma amizade muito boa com ele, acompanhei os momentos difíceis com a lesão. Ele me dá moral e isso é muito gratificante para mim. Isso ficará para a história. Foi bem legal o que vivemos aqui.

SIMPLICIDADE

– Ele é muito simples. Se perguntar aos próximos vão dizer a mesma coisa. Na final do Carioca eu e o Carli queríamos dar a faixa para ele por ser seu último ano e ao mesmo tempo ele não queria. Ele é uma pessoa dez e o vou guardar pra sempre.

A VITÓRIA POR JEFFERSON

– Não sei até onde esse número vai, mas se tratando de Botafogo é um número bem expressivo. Não queremos só festa, mas vencer o jogo. Claro que nada apaga a festa dele, mas com uma vitória fica bem melhor.

LINDOSO DIZ TER MUITA LENHA PARA QUEIMAR

– O pessoal brinca que eu sou o mais velho, mas ainda tenho muita lenha para queimar. Posso garantir 2019 por ter mais um ano de contrato. Procuro viver cada minuto intensamente e espero fazer mais jogos. Estou muito feliz pela quantidade de números e gols.

JOÃO PAULO

– Hoje ele foi a primeira pessoa que vi no clube. Não perguntei se ia para o jogo ou não, mas é outro motivo para comemorar. Um outro parceiro, me identifiquei bastante com ele e que possa voltar com toda sorte do mundo caso o Zé conte com ele.

Fonte: Site oficial do Botafogo