A Conmebol divulgou a lista dos estádios que poderão receber uma possível final da Taça Libertadores 2014. Da mesma forma que vem acontecendo nas últimas edições, o limite mínimo de capacidade foi firmado em 40 mil lugares. Sendo assim, 16 das equipes que disputarão o torneio não tiveram seus estádios liberados para uma eventual decisão.

O Atlético-MG, que teve o Independência como grande protagonista na conquista de 2013, assim como aconteceu neste ano, não poderá usar o estádio caso decida novamente o título em 2014. O Durival de Britto, que vem sendo usado pelo Atlético-PR – a Arena da Baixada está em obras para a Copa do Mundo – também não foi liberado pela Conmebol.

A entidade estipulou um limite mínimo para a primeira fase e fase de grupos de 10 mil espectadores e, das oitavas de final até as semifinais, de 20 mil torcedores.

Confira a lista completa:

Argentina
Estádio José Amalfitani (Buenos Aires)
Estádio Marcelo Bielsa (Rosario)
Estádio Pedro Bidegain (Buenos Aires)

Bolívia
Estádio Hernando Siles (La Paz)

Brasil
Arena do Grêmio (Porto Alegre)
Mineirão (Belo Horizonte)
Maracanã (Rio de Janeiro)

Chile
Estádio Nacional Julio Martínez Pradanos (Santiago)

Colômbia
Estádio Atanasio Girardot (Medellín)
Estádio Pascual Guerrero (Cáli)
Estádio Nemesio Camacho ‘El Campín’ (Bogotá)

Equador
Estádio Liga Deportiva Universitaria ‘LDU’ (Quito)
Estádio Monumental Isidro Carbo (Guayaquil)

Paraguai
Estádio Defensores del Chacho (Assunção)

Peru
Estádio Universitario de Deportes ‘Monumental’ (Lima)

Uruguai
Estádio Centenário (Montevidéu)

Venezuela
Está Olímpico Joe Antonio Anzoategui (Puerto La Cruz)

Fonte: Lancenet!