Lodeiro busca melhor forma para crescer: ‘Posso jogar mais’

Compartilhe:

Lodeiro já marcou dez gols este ano com a camisa do Botafogo e deu seis assistências. Tudo isso em 23 jogos disputados na temporada. Sua importância para o time é indiscutível, tanto que na única derrota no Campeonato Brasileiro ele não esteve em campo (2 a 1 para o Bahia, em Aracaju). Depois de ficar a serviço da seleção do Uruguai, voltou a jogar na competição na vitória por 1 a 0 do Alvinegro sobre o Fluminense.

O tempo que passou na Copa das Confederações com o Uruguai tirou um pouco do seu ritmo, já que disputou apenas alguns minutos do jogo com a Espanha e atuou como titular contra o Taiti. Lodeiro tem procurado se dedicar para voltar rapidamente ao melhor de sua forma e poder produzir novamente.

– Posso jogar ainda mais. Para a minha carreira, está sendo positivo defender o Botafogo. Espero seguir crescendo em um campeonato competitivo como o Brasileiro. Se eu for bem, a sequência na seleção uruguaia vem sozinha – explicou Lodeiro.

Contra o Grêmio, domingo, em Porto Alegre, pelo Brasileiro, o Botafogo fará seu terceiro jogo sem Fellype Gabriel, negociado com o Sharjah, dos Emirados Árabes. Lodeiro reconhece a importância do jogador, mas acredita que o time está se saindo bem.

– Oswaldo pede para eu e Vitinho atuarmos da mesma forma no ataque e na defesa. Por sorte, Seedorf e Rafael Marques ajudam e são importantes para nós. Fiquei um tempo parado na Copa das Confederações e posso sentir um desgaste maior, mas no decorrer dos jogos vai melhorar – afirmou Lodeiro.

Antes de defender o Botafogo, Lodeiro não era conhecido por fazer gols, mas por sua condição física e movimentação intensa. Artilheiro do time na temporada, ele espera voltar a balançar a rede novamente, mesmo garantindo que o mais importante é sair de campo com a vitória.

– Sem dúvida, tenho vontade e estou com saudade de fazer gol. Se não acontecer e o time vencer, fico feliz do mesmo jeito. Não é um objetivo pessoal continuar sendo artilheiro, mas todo jogador gosta de fazer gols. O importante é o momento do time, líder, crescendo na competição – afirmou Lodeiro, que fez um gol pelo Uruguai na vitória sobre o Taiti.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários