Lodeiro considera que Botafogo o ajudou a se firmar no Uruguai

Compartilhe:

O meia Nicolás Lodeiro chegou ao Botafogo em julho de 2012, após três temporadas atuando pelo Ajax no futebol holandês. A adaptação não demorou muito tempo para acontecer. Ele rapidamente tornou-se titular do time comandado por Oswaldo de Oliveira e hoje é uma das principais razões para a boa campanha da equipe no Campeonato Brasileiro . Para o uruguaio, trocar a Europa pelo Rio de Janeiro foi muito bom para ajudá-lo a se firmar na seleção do seu país.

Lodeiro vive grande momento pelo Botafogo

Foto:  Márcio Mercante / Agência O Dia

“Na Holanda, eu jogava um jogo sim, outro não”, disse Lodeiro, em entrevista ao site da Fifa. “Aí você perde ritmo, também perde confiança. Hoje, estou muito feliz aqui no Botafogo. Estou jogando sempre, com confiança, em um time bom, com ótimos companheiros e um conjunto muito bom. No clube, todas as pessoas me tratam muito bem. E quando você está feliz, sente-se em casa e dá um rendimento melhor.”

O meia de 24 anos está à disposição do Uruguai para o duelo fora de casa contra o Peru desta sexta-feira, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa de 2014. Com 16 pontos, os uruguaios estão em quinto lugar da competição, posição que leva à necessidade de disputar a repescagem contra o quinto colocado das eliminatórias asiáticas.

Ainda assim, Lodeiro afirmou não temer ficar de fora da Copa no Brasil. “Em nenhum momento. A situação foi complicando porque os resultados não apareciam. Você fica mais atento, mas não com medo. Sabíamos que iria ser uma situação difícil, mas a equipe está bem, com confiança e com muita vontade de jogar uma Copa do Mundo perto de casa. Para nós, é muito importante”, disse.

Adversário desta sexta, o Peru tem dois pontos a menos e ultrapassará os uruguaios se sair de campo com a vitória. “É mais um jogo decisivo, mais uma final, como nós chamamos esse tipo de encontro contra rivais diretos, que estão brigando pela classificação. Nossa seleção já sabe jogar este tipo de jogo. A partida contra a Venezuela foi muito difícil e pegamos confiança ali. Vamos encarar esse jogo como uma final, para mostrar que o Uruguai é forte em situações difíceis”, declarou Lodeiro.



Fonte: O Dia Online
Comentários