Gerente de futebol do Botafogo, Antônio Lopes foi lacônico na entrevista após o empate em 2 a 2 com o Cruzeiro neste domingo, no Estádio Nilton Santos, que tirou do clube a possibilidade de disputar a Libertadores novamente em 2018. Para ele, não faltou luta dos jogadores.

– Lamentamos profundamente o que aconteceu. Tínhamos tudo para pelo menos pegar uma vaga na Libertadores. Time lutou, foi guerreiro, mas não conseguiu. Tínhamos que ganhar os jogos e não fizemos os pontos necessários. Estava tudo na nossa mão, time hoje também não teve muita sorte, teve bola na trave… Faltou bastante coisa – disse Lopes.

O diretor do Botafogo admitiu que a perda da vaga na Libertadores afeta o planejamento para 2018. No ano que vem, o Glorioso vai disputar o Campeonato Carioca, a Copa do Brasil, o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana.

– Interfere (no planejamento), porque esperávamos a classificação para a Libertadores. Vamos aguardar o financeiro para ver o que vamos fazer. Agora não adianta se lamentar, tem que sentar depois e planejar ano que vem, trabalhar acertadamente como fizemos anteriormente – finalizou.

Fonte: Redação FogãoNET