Luís bcontinua sendo um dos protagonistas do Botafogo. Depois de terminar 2019 como um dos jogadores mais promissores da equipe de Alberto Valentim, o atacante de 18 anos foi o primeiro personagem de uma entrevista coletiva no China Park, local onde a pré-temporada está sendo realizada, neste domingo. O atleta reafirmou a felicidade que sente pelo momento que vive.

– É a realização de um sonho que tenho. Estou começando a primeira pré-temporada em um time grande como o Botafogo e é motivo de alegria e de muito foco. Quero dar 100% aqui para poder ajudar o time dentro de campo – afirmou.

Com participação nos últimos dois jogos da última temporada – contra Atlético-MG e Ceará -, Luís Henrique inicia 2020 no radar para conquistar uma vaga na equipe titular. O atacante comentou sobre seus objetivos.

– No clube, é o melhor possível. Conquistar títulos, ter conquistar individuais e coletivas também, com o grupo todo. Na minha carreira, dá o meu melhor no Botafogo, fazer meu nome no Brasil e, quem sabe, ir para fora um dia. É um dos meus sonhos também – admitiu.

O Botafogo ficará no China Park, em Domingos Martins, na Região Serrana do Espírito Santo, entre os dias 12 e 24 de janeiro. A pré-temporada é um ponto importante para a equipe comandada por Alberto Valentim e, se depender do lugar, o Alvinegro está bem, como o próprio Luís Henrique garante:

– É um lugar maravilhoso, traz inspiração para qualquer um. É importante porque a gente fica mais concentrado, vai descansar mais e ficar cada vez mais fechado com o grupo, para a gente se entrosar mais – afirmou.

As estrelas do futebol europeu são, naturalmente, as pessoas que os jovens jogadores se inspiram. Além destes, Luís Henrique afirmou que possui um atleta do atual elenco do Botafogo como um espelho pelo o seu exemplo de profissionalismo no dia a dia do clube.

– Lá fora, Mbappé, Messi e Cristiano Ronaldo. São os caras que, para a maioria dos jogadores, servem de inspiração. Aqui no Botafogo eu tenho uma referência muito grande, mesmo sendo diferente da minha posição, que é o Cavalieri. É um cara muito esforçado, está sempre treinando bem. Isso é uma motivação para todo mundo, ainda mais pela idade dele – finalizou.

VEJA OUTROS TRECHOS DA ENTREVISTA DE LUÍS HENRIQUE:

Reconhecimento da torcida
– Ainda estou me acostumando com isso, mas estou preparado. Isso também era um sonho.

Renovação e noção do que já alcançou no profissional
– Acho que no segundo jogo, contra o Ceará. Vi o apoio da torcida, foi algo muito importante para mim, a primeira vez que senti aquilo. É muita felicidade ver a confiança que o clube tem em mim. Isso me deixa mais motivado ainda.

Alberto Valentim
– Ele me deu muita confiança desde o ano passado, agora também. O Alberto sempre fala para eu ficar tranquilo e dar meu máximo possível aqui para, quando tiver a oportunidade de novo, corresponder.

Tempo de treinos para Valentim
– Dá para ele treinar um pouco melhor, encaixar mais o grupo e fazer com que a gente se entrose mais dentro de campo.

Posição favorita em campo
– Eu gosto mais pelas pontas, ou pela esquerda ou pela direita, para mim tanto faz. Eu jogo no centro também se precisarem, mas minha preferência é mais no lado.

Jogadores experientes do elenco
– A gente respeita muito eles, até pela história deles. Eles nos tratam bem, ajudam demais dentro de campo e fora. Tem que respeitar (risos).

Relação com o elenco
– Eu sou mais tímido fora de campo, mas se tiver que falar eu falo (risos). Até eu me entrosar com todo mundo ainda não faço muitas brincadeiras não, mas quando conhecer a rapaziada vou fazer sim. Até agora não sofri nada por ser mais novo não, a rapaziada é bem tranquila.

Contato com os reforços
– A gente está se conhecendo ainda. Dá para ver que quem chegou tem muita qualidade. O Botafogo é um time que vai brigar dentro de campo. Vamos brigar pelos jogos, por títulos e para fazer um bom campeonato.

Fonte: Terra