A defesa é um dos destaques da equipe de Eduardo Barroca. Neste contexto, o Botafogo soma boas atuações de marcação por conta de Gabriel, uma das contratações para a atual temporada. Envolvido na negociação que levou Igor Rabello ao Atlético-MG, o zagueiro superou a irregular temporada que fez em 2018 para voltar a colecionar atuações convincentes.

Revelado nas categorias de base do Atlético-MG, Gabriel foi um dos destaques da equipe em 2016, inclusive sendo mencionado por Tite em convocações da seleção e sendo alvo do mercado europeu. No ano seguinte, porém, não teve as mesmas atuações e foi pouco utilizado em 2018. Não à toa, o time mineiro colocou o zagueiro disponível como moeda de troca.

No Rio de Janeiro, Gabriel encontrou um casamento perfeito: treinado por Eduardo Barroca, que possui apreço pela valorização da bola e criação através de toques curtos, o zagueiro teve espaço para desenvolver uma de suas melhores qualidades, justamente os passes, que lhe ajudaram a participar de todas as partidas do Botafogo no Campeonato Brasileiro.

Após nove rodadas disputadas, Gabriel é jogador que mais acerta passes no Campeonato Brasileiro: são 595 no total, de acordo com o site “Footstats”. O zagueiro coloca tal estatística como um mérito de Eduardo Barroca, que monta uma equipe compactada, com jogadores aproximados, e, consequentemente, dão mais opções de passe.

– Primeiramente, é o trabalho do Barroca. Eu já disse que, quando você tem a linha de passe, fica mais fácil de acertar, porque existem muitas opções. Fico feliz por ser um jogador que acerta muito passe, mas tenho que agradecer ao Barroca e também aos companheiros, que sempre me ajudam quando eu estou pressionado – afirmou, em entrevista antes da folga da Copa América.

Fonte: Terra