Forte no Independência nesta Série B (oito vitórias e um empate), o América revelou uma recusa de R$ 600 mil por venda de mando de campo da partida contra o Botafogo, neste sábado, às 16h30, pela 19ª rodada. A diretoria alviverde entendeu por bem jogar na Arena do Horto, onde perdeu apenas uma vez na temporada 2015.

“Recusamos uma proposta de R$ 600 mil limpos, nas mãos do clube. Queremos jogar no Independência, onde estamos invictos e podemos contar com o apoio de nosso torcedor. É preciso que o americano vá ao estádio e nos incentive. A diretoria está fazendo a parte dela reduzindo o preço dos ingressos, o time está conquistando os resultados dentro de campo. Só falta a torcida”, disse Alencar da Silveira Júnior, integrante do conselho de administração do clube, à reportagem do Superesportes. O montante citado pelo dirigente é quase três vezes maior que a renda bruta total do clube com bilheteria na Série B: R$ 207.475,00. A quantia também é suficiente para quitar um mês de salários de jogadores e funcionários.

O América recebeu convites para jogar na Arena da Amazônia, em Manaus (AM), e no Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG). Nessas duas cidades, é grande a concentração de torcedores do Botafogo.

Alencar da Silveira reforça o pedido para que o torcedor do Coelho compareça ao estádio. Segundo ele, o clube costuma ter déficit de R$ 35 mil em cada partida com menos de 4 mil pagantes. “Para cobrirmos o prejuízo, com ingressos a R$ 20, precisaríamos de no mínimo quatro mil torcedores por jogo no Independência. É uma luta isso, pois temos que manter salários e outras contas em dia”.

O maior público com mando de campo do América em 2015 foi na vitória sobre o Atlético por 2 a 1, pela quarta rodada do Campeonato Mineiro. Ao todo, 10.140 pagantes proporcionaram renda de R$ 273.615,00. Sem contar os clássicos, o time alviverde levou 2.200 pagantes diante do ABC, em confronto da 12ª rodada da Série B (vitória por 2 a 1). A arrecadação foi de R$ 36.480,00.

Vice-líder da Série B, com 34 pontos, o Coelho fará confronto direto com o Botafogo, que está em terceiro, com 33. De olho na liderança da competição, ambos os times secam o Vitória, que receberá o Santa Cruz na sexta-feira, às 19h, no Barradão.

Fonte: Superesportes