Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

X

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

X

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Mancini cita remontagem no time e pede paciência à torcida: ‘Espero que entendam’

0 comentários

Compartilhe

O Botafogo ainda se ressente das perdas de Edílson, Bolívar, Julio Cesar e Emerson, que tiveram seus contratos rescindidos na última semana pelo presidente Maurício Assumpção. Ao menos foi isso o que deixou a entender o técnico Vagner Mancini na entrevista coletiva após a derrota para o Palmeiras, nesta quarta-feira, no Maracanã. Em certo momento, o treinador pediu para que a torcida compreenda o momento da equipe que está passando por uma remontagem, tentando se acertar com quem ficou no elenco.

– Entendo a posição do torcedor e espero que ele entenda a nossa posição. Estamos brigando com todas as forças. Alguns jogadores saíram, outros estão reaparecendo, há uma remontagem. Isso, às vezes, nos custa caro. É claro que ninguém queria essa derrota, mas temos que refletir – ressaltou.

Com a derrota diante do Verdão, a 15ª no campeonato e a quarta como mandante, o Glorioso caiu para a lanterna do Brasileiro, com apenas 26 pontos. Apesar do cenário preocupante, Mancini pede união de forças e descarta desistir de brigar para evitar a degola.

– Faltam 11 jogos, e precisamos de seis vitórias. Temos que brigar e unir forças. Se todo mundo desacreditar, internamente, e o torcedor, é claro que as coisas vão ficar mais difíceis – destacou.

O Botafogo se reapresenta na manhã desta quinta-feira no Engenhão e faz um rápido treino antes do embarque para Manaus. Para o compromisso contra o Corinthians, no sábado, às 18h30, na Arena da Amazônia, Mancini não terá Carlos Alberto e Ramírez, suspensos, mas poderá contar com Dankler e, talvez, Jobson, que depende de um OK do Superior Tribunal de Justiça Desportiva para poder ser relacionado sem problema algum relacionado à suspensão imposta pela federação de futebol da Arábia Saudita.

Comentários