O fim do duelo entre Cruzeiro e Botafogo, vencido pela Raposa por 1 a 0 no Mineirão, neste domingo, foi recheado de polêmica fora das quatro linhas. Uma confusão envolvendo o técnico Alberto Valentim, do Botafogo, e Robertinho, preparador de goleiros da Raposa, terminou em um grande empurra-empurra e bastante troca de farpas na saída do túnel.

Na coletiva de imprensa, técnico Mano Menezes foi questionado sobre o que teria acontecido para que Valentim e Robertinho quase chegassem às vias de fato. O comandante colocou panos quentes, mas aproveitou para dar aquela cutucada na nova geração de técnicos.

“Vocês (jornalistas) têm que perguntar para ele (Valentim). Eu estava calmo. Eu, em um determinando momento, estava falando que ele reclamou muito, do lateral, do cartão, do pênalti e vocês sabem que ele pertence à nova geração (de técnicos), sei que vocês têm muita expectativa sobre eles e eu nem quero nem de longe que eles sejam iguais a gente”, sorriu Mano Menezes.

Valentim, até então, não havia perdido com o Botafogo no Campeonato Brasileiro. A primeira derrota aconteceu justamente para a Raposa neste domingo, no Mineirão.

Fonte: O Tempo