A diretoria do Botafogo segue trabalhando na formação do elenco para a próxima temporada. Apesar da saída do atacante Roger, que se transferiu para o Internacional, e do retorno do lateral-esquerdo Víctor Luís ao Palmeiras, o Glorioso tem uma espinha dorsal e isso é uma das apostas do técnico Jair Ventura para começar 2018 com o pé direito. Dos considerados titulares, além desses dois, o único que ainda tem saída prevista é o volante Bruno Silva, em negociações avançadas com o Cruzeiro.

Com contrato longo e que fazem parte dos planos estão os goleiros Jéfferson e Gatito Fernández; o lateral-direito Luis Ricardo; os zagueiros Igor Rabello, Joel Carli e Marcelo; os volantes Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, Bochecha e João Paulo, os meias Marcos Vinícius, Leonardo Valencia e Leandrinho; os atacantes Ezequiel e Rodrigo Pimpão. Uma base considerada boa para iniciar o ano. Junta-se a eles o lateral-direito Arnaldo, que já acertou a renovação de contrato e terá os direitos federativos comprados à Penapolense-SP.

Alguns nomes sairão por empréstimo. Casos dos goleiros Helton Leite, que foi para o São Caetano, e Saulo, revelado nas categorias de base. O volante Fernandes e o atacante Vinícius Tanque estão a caminho do Atlético-GO. O atacante Renan Gorne também será emprestado.

Não fazem parte dos planos o lateral-direito Jonas; os zagueiros Emerson Silva e Renan Fonseca e o volante Dudu Cearense. O zagueiro Emerson Santos, com contrato no fim, se transferiu para o Palmeiras, enquanto que o atacante Guilherme foi devolvido ao Grêmio, que não aceitou a prorrogação do empréstimo. Estão tratando de renovação de contrato o volante Aírton e o lateral-esquerdo Gilson.

A diretoria trabalha no sentido de ter a maior parte do elenco definida n

Fonte: Gazeta Esportiva