Em tempos de estádios modernos padrão Copa, os jogadores do futebol brasileiro mostram preferência pelas arenas. Palco da final do Mundial 2014, o Maracanã é o favorito dos boleiros em atividade na elite do país.

É isso o que aponta um levantamento do UOL Esporte, que ouviu 108 jogadores, de 13 equipes que disputaram a Série A do Campeonato Brasileiro. A série “Pesquisão 2014” vem divulgando nos últimos dias as preferências dos boleiros sobre seus colegas, treinadores, árbitros, estádios, profissionais de TV, entre outros quesitos.

Neste trabalho, a reportagem ouviu jogadores de Botafogo, Atlético-MG, Atlético-PR, Chapecoense, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Palmeiras, Santos, São Paulo e Vasco.

O Maracanã recebeu 33,33% dos votos no levantamento, seguido do Itaquerão, com 12,96%. Em seguida também apareceram arenas novas ou recentemente reformadas: Mineirão, Allianz Parque e Arena Grêmio.

A mesma lógica prevalece para a eleição dos estádios menos queridos pelos jogadores da elite. Ou seja, os mais antigos ou antiquados não agradam os boleiros. O campeão de rejeição é o Heriberto Hulse, em Criciúma, com 9,61%. Em seguida aparecem Vila Belmiro, Arena Condá, Serra Dourada e Ilha do Retiro.

 

Os melhores estádios do país segundo os jogadores
  • 33,33%

    Maracanã

  • 12,96%

    Itaquerão

  • 12,03%

    Mineirão

  • 7,4%

    Allianz Parque

  • 6,48%

    Arena Grêmio

  • 5,55%

    Independência e Morumbi

  • 3,7%

    São Januário e Vila Belmiro

  • 2,77%

    Beira-Rio e Engenhão

  • 1,85%

    Mané Garrincha

  • 0,92%

    Arena Pernambuco e Fonte Nova

Os piores estádios do país segundo os jogadores
  • 9,61%

    Heriberto Hulse

  • 8,33%

    Vila Belmiro

  • 6,48%

    Arena Condá e Serra Dourada

  • 5,55%

    Ilha do Retiro

  • 4,62%

    Canindé, Independência e Orlando Scarpelli

  • 3,7%

    Coaracy Mato Fonseca

  • 2,77%

    Barradão e Couto Pereira

  • 1,85%

    Arena Pantanal e São Januário

  • 0,92%

    Anacleto Campanella, Arena Barueri, Arena da Baixada, Arena do Jacaré, Itaquerão, Mangueirão, Mauro Sampaio e Pacaembu

  • 33,33%

    Não quiseram falar

Fonte: UOL