O ano passado não foi dos melhores para Marcelo Mattos. O volante passou por uma lesão no quadril que o afastou dos gramados por sete meses e só conseguiu voltar a defender o Botafogo já na reta final do Campeonato Brasileiro que determinou o rebaixamento do Alvinegro. Mas o jogador recuperou o status de peça-chave em 2015 e será essencial na luta pela volta à elite.

Curado dos problemas que o deixaram parado durante a maior parte de 2014, Marcelo Mattos divide com o goleiro Jefferson a missão de liderar o jovem e, em alguns casos, desconhecido elenco do Botafogo na temporada. Uma reviravolta para quem conseguiu atuar por apenas 16 jogos no ano passado.

Marcelo Mattos também é um dos jogadores com mais tempo de casa no Botafogo. O volante chegou ao clube em 2010, e logo caiu nas graças do torcedor. Mesmo com concorrentes importantes nos últimos anos, ele foi titular em grande parte deste período.

As lesões, no entanto, são uma preocupação no caso de Marcelo Mattos. Em 2012, o volante também passou por um problema no púbis que o afastou da maior parte da temporada. Na ocasião, ele era uma peça importante do elenco comandado pelo técnico Oswaldo de Oliveira e sua ausência deu espaço para o surgimento de Gabriel, hoje no Palmeiras.

Aos 30 anos, Marcelo Mattos é um dos mais veteranos do atual elenco do Botafogo, formado basicamente por jovens da base alvinegra e reforços ainda em busca de um lugar de destaque no cenário nacional, como Rodrigo Pimpão e Bill.

Não à toa, Marcelo Mattos foi o responsável por sair em defesa do grupo após a derrota por 1 a 0 em jogo-treino com o Gonçalense no último sábado, em Várzea das Moças. O volante culpou o tempo curto de preparação pelo resultado decepcionante.

“São jogadores que estão com muita vontade, muita disposição, vontade de participar desse novo desafio de colocar o Botafogo de volta na primeira divisão. São só oito, nove dias de treinamento, temos que ter paciência. É apenas o começo”, argumentou Mattos.

Com Marcelo Mattos entre os titulares, o Botafogo encara o Shandong Luneng-CHI no próximo sábado, no Engenhão, com os portões fechados. O teste será o único do Alvinegro antes da estreia pelo Campeonato Carioca contra o Boavista, no dia 31 de janeiro, no mesmo local.

Fonte: UOL