Intimado pela polícia para depor, Marcelo irá comparecer na 10ª DP (Botafogo) nesta segunda-feira para prestar a sua versão dos fatos em relação ao registro de boletim de ocorrência feito por sua ex-namorada por conta de agressão no último domingo, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Com o apoio do departamento jurídico do Botafogo – que até contratou um advogado criminalista, para cuidar do caso – Marcelo pretende esclarecer os fatos para viajar para a Colômbia.

O zagueiro alvinegro foi enquadrado no artigo 129 do Código Penal, que fala em ofender a integridade corporal ou a saúde de outrem e prevê pena de três meses a um ano de detenção. A polícia vai solicitar ao Botafogo imagens das câmeras de segurança do clube, já que a a suposta agressão teria acontecido perto da sede do clube, em General Severiano, no domingo passado.

Marcelo já estava fazendo a transição para o campo – depois de ficar um mês parado por lesão – e pode ficar à disposição do técnico Jair Ventura para os jogos da Libertadores. A logística alvinegra foi feita para que a equipe viaje para a Colômbia – onde enfrenta o Atlético Nacional – na próxima terça-feira.

Fonte: Terra