‘Marcinho é suspeito de ter atropelado o casal e fugido’, diz delegado

15 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Marcinho em São Paulo x Botafogo | Campeonato Brasileiro 2020
Vítor Silva/Botafogo

O lateral-direito Marcinho, do Botafogo, está sendo acusado de ter atropelado um casal na noite desta quarta (30), na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

As informações foram divulgadas pela revista “Época”. Segundo a publicação, um homem morreu e uma mulher ficou gravemente ferida no acidente que envolveu um automóvel, modelo Mini Cooper, que estaria sendo dirigido pelo jogador do alvinegro carioca.

O carro foi rebocado para o apartamento do lateral-direito, na Avenida Sernambetiba, próximo do local do acidente.

Ainda segundo a “Época”, de acordo com o Boletim de ocorrência, feito na 16ª DP (Barra da Tijuca), Maria Cristina José Soares e Alexandre Silva de Lima atravessavam a avenida quando foram atingidos pelo carro.

Policiais militares foram chamados por pedestres e, após buscas na região, localizaram o carro abandonado próximo ao local do atropelamento.

Marcinho é suspeito de ter atropelado o casal e fugido depois do acidente. Nossas equipes estão na rua pra cumprir outras diligências, como buscar imagens de câmeras de segurança e identificar testemunhas. O carro também está sendo apreendido para que uma nova perícia complementar seja feita”, informou o delegado Alan Luxardo em entrevista à revista.

A assessoria de imprensa do Botafogo informou que não conseguiu contatar Marcinho para esclarecer os fatos.

Fonte: O Tempo e Época

Notícias relacionadas