No Campeonato Brasileiro, dois empates e uma vitória nos três primeiros jogos. O título carioca em pouco tempo e a vitória fora de casa sobre o Audax Italiano, no primeiro jogo pela Copa Sul-Americana. O Botafogo, sob o comando de Alberto Valentim, pode até dar sustos, mas vem tendo um mínimo de sucesso. E a filosofia do treinador vai sendo cada vez mais adquirida, como Matheus Fernandes explica.

– É o estilo dele, sim. Ele fala sempre para mantermos a posse. E criar uma identidade, sair jogando. Coisa que não fazíamos muito antes. Para estarmos acostumados – analisa o volante sobre o treino desta quarta-feira, e que vem sendo uma tônica do trabalho de Valentim até aqui.

Nesta atividade, Matheus foi um dos muitos elogiados pelo treinador. No caso, pelo lançamento que resultou no gol de Lucas Campos. O meio-campista voltou de lesão e reconquistou espaço. Mas a competição no setor é intensa, com Bochecha, Rodrigo Lindoso e Renatinho, por exemplo, também já habituados a começar jogando neste modelo de jogo.

– É fruto de muito trabalho. Nossos treinos são muito intensos. Quem fica no banco fica ligado porque pode entrar e tem que jogar bem – ressalta o atleta.

O próximo desafio do Alvinegro é contra o Cruzeiro, neste domingo. Até lá, o comandante e os jogadores terão mais três sessões de treinos antes do duelo. Tempo para mais ideias e entrosamentos serem adquiridos.

Fonte: Terra