Mattos diz que chegar na final do Carioca mostra que rebaixamento ‘não foi o fim’

Compartilhe:

O volante Marcelo Mattos, do Botafogo, voltou a afirmar nesta quinta-feira que o rebaixamento à Série B do Brasileirão, em 2014, “não foi o fim do mundo”. Para ele, com a conquista da Taça Guanabara e a vaga para a final do Campeonato Carioca, o Bota mostra que está no caminho certo da reformulação alvinegra.

“Desde o momento em que você tem ao seu lado profissionais que trabalham com seriedade, não vai ser mesmo o fim do mundo. Sempre que lutar e buscar o melhor, você vai conquistar algo. No início do ano nós escrevemos quais eram os nossos objetivos. Muitos desejaram títulos, outros queriam ajudar o time. Eu, assim como outros, queria começar bem a Taça Guanabara com uma sequência de vitórias para dar confiança. Isso aconteceu e nos deu segurança, além de realizar o sonho de alguns, pois fomos campeões. Agora temos uma nova oportunidade de conquistar um título para depois pensarmos no Brasileiro e mostrar que o mundo voltou a ficar normal. Não foi o fim”, afirmou o volante.

Para ele, no entanto, o time está com tanta “sede e fome” de títulos e de dar a volta por cima que o desgaste físico apareceu no jogo contra o Fluminense. O próprio jogador ficou desgastado, mas garantiu que estará 100% diante do Vasco, no domingo, para a primeira partida da final do Carioca.

“Eu vinha bem até sofrer uma lesão. E depois de ficar sem treinar e jogar, quando você volta numa semifinal tem que ir até o limite. Cheguei ao meu limite aos 20 minutos do segundo tempo, mas não tínhamos mais como fazer substituições. Então tivemos que fazer o máximo e fomos coroados. Essa semana tem sido importante para mim”, completou.



Fonte: FutNet
Comentários